terça-feira, 2 de julho de 2013

Qual é o seu?

 A verdade é que cada princesa, tem um estilo diferente, um cabelo diferente, uma cor diferente, ninguém é igual a ninguém, a uns anos atrás todas as negras praticamente eram dependentes da chapinha, tinha receio de soltar a cabeleira e sair por ai, por serem tachadas de cabelo duro, acabando com o cabelo com químicas podres, mais hoje este preconceito ja foi vencido, o que vale é se sentir bem, se você não se sente bem com o cabelo crespo, e gosta de liso, ignore o que vão pensar, princesa quem tem que estar é você, você e ninguem tem nada haver com isso, li um blog hoje, dizendo que todo mundo tem que usar o crespo, discordo, todo mundo tem que se sentir bem, crespo é lindo, cacheado é lindo, liso é lindo, tranças são lindas, raspados são lindos, aos olhos de quem sabe admirar.






Qual é o seu tipo? Eu uso cacheado por gostar mesmo, amo meus cachos, cuido deles todos os dias, porque um cabelo bem tratado, é um brilho dobrado, lembrem-se, ignorem o que pensam sobre o seu cabelo ou sobre você, o que importa é você se sentir bem, e mais nada, use o seu cabelo como bem entender!



Meus cachinhos pra vocês *-*




segunda-feira, 1 de julho de 2013

Isso não é orgulho, de boa, é cansaço.



Você deve estar ai deitado pensando "ela ta desistindo de mim". mais uma vez eu vou deixar bem claro que cansei é muito diferente de cansei, entende? Se eu falasse esta frase pra você, tenho certeza que diria que eu só falo merda, mais é diferente, porque mesmo cansada, esgotada, exausta eu estou aqui, resistindo, lutando, pensando em você, por você. Mas as vezes machuca sabe? Ver você assim tão diferente comigo, tem momentos que nem te reconheço mais, será que você mudou tanto, ta enjoado, ou é apenas uma camuflagem para esconder quem você era? Se coloca no meu lugar, pelo menos um pouquinho, quando te conheci você era o menino mais fofo e carinhoso que eu conhecia, no tempo que estávamos juntos você me tratava como uma princesa, alguns meses se passaram e você muda, esta assim, frio, distante, grosso, é difícil pra mim me adaptar com seu novo jeito. Você me pede desculpas por dar mancada, por agir assim, mas depois passa 5 minutos, você vai e faz tudo de novo, isso me machuca pra caralho, mas mesmo assim vou la atras de você, peço desculpas por coisas que não tem nada haver, peço desculpas por nem estar errada. As vezes não consigo suportar por muito tempo, as vezes preciso recuperar as forças, pois não aguento mais patadas, não aguento mais nenhuma palavra mal dita, não aguento mais ser tratada mal e não merecer, é nesse momento que me afasto e você? Nem liga, nem vem atrás, o orgulho é maior que a vontade de falar comigo. Então mais uma vez tento consertar as coisas, ficamos bem de novo e logo depois acontece tudo denovo, isso já se tornou um ciclo vicioso, mas mesmo assim não vou desistir, mas confesso que as vezes você me desanima, você me surra, você me cansa.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Cabeça no travesseiro



E eu novamente estou aqui novamente, deitada no escuro, olhando para o único ponto de luz que se encontra em meu quarto, aquele coração, aquele eu te amo brilhante, pensando como todas as noites, perdida. 
E todas as noites são iguais, longas, frias, e tristes, como você pode fazer tudo isso comigo, me transformar nessa pessoa, que nem eu mesma sei quem é, como você pode tomar conta de mim dessa forma, eu não te quero mais, eu não te quero mais, some.
Me sinto insuficiente, parece que falta um pedaço de mim, ao mesmo tempo que você me faz bem, você me faz um mal danado, não consigo controlar, não sei o que fazer, estou confusa, preciso dar um basta nisso, preciso viver, preciso ser forte, preciso seguir, sem você, sozinha.
Mais uma noite esta se passando, mais uma noite eu procuro respostas, mais uma noite eu preciso de um abraço, mais uma noite sem dormir, insônia suma.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Voltei, e agora é pra ficar!


Depois de 3 meses to voltando pra cá fazer uma faxina, tirar os ratos e aranhas que tomaram conta daqui por uns tempos. O motivo do meu sumiço? Inspiração, depressão, coisas que aconteceram e acabaram tirando toda a minha vontade de escrever, escrevi muito sim, porém em cadernos, que foram todos queimados, porque passado, fica no passado!
Mais o fato é que eu voltei, e agora é pra  ficar, vou voltar a cuidar do meu blog, e manter vocês atualizadinhas rs ja me dei o tempo que eu precisava, estou com a cabeça no lugar, emprego novo, fazendo cursos e me especializando cada vez mais em fotografia, pretendo voltar com muito mais novidades pra vocês, mais pra isso só preciso me organizar mais um pouquinho, paciência princesas. Ja já, estarei aqui *-*

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Mais uma chance para recomeçar...


2012 esta indo embora, na noite de 31 de dezembro de 2012, ás 23:59hr, eu vou olhar para o céu e me lembrar de tudo o que vivi este ano, tantas mágoas, sorrisos, lágrimas, brigas, histórias, perdas, amigos tanto os que conheci, como os que perdi, decepções, os momentos tanto os bons, quanto os ruins, eu só quero que passe tudo na minha memória, e assim que der 00:00hr, 01 de janeiro de 2013, tudo vai mudar, tudo vai ser deixado para trás, TUDO, quero que tudo fique para trás, jamais haverá um ano novo se continuarmos om os erros do passado, 2012 vai ser apagado da minha memória, os momentos que eu vivi em 2012, sorri ou chorei, vão ficar aqui, em 2012, e o resto a Deus pertence!!!

Quantas vezes mais..


E quantas vezes mais eu vou me decepcionar com você? Quantas vezes mais você vai me pedir desculpas, com os olhos brilhando, lindos olhos, vai derramar uma lágrima, e eu vou correr pros seus braços, aceitando suas desculpas? Quantas vezes mais você vai jurar, prometer, chorar e até implorar para eu não partir? Quantas vezes mais eu vou sorrir, quando quero chorar? Quantas vezes mais você vai mentir para mim? Quantas vezes mais eu vou ser tão ingênua a ponto de acreditar que você vai mudar? Quantas vezes mais você vai conseguir mentir olhando dentro dos meus olhos? Quantas vezes mais você vai me fazer chorar a noite toda? Quantas vezes mais você vai me pedir perdão? Quantas vezes mais você vai me machucar? Quantas vezes mais você vai prometer que nunca mais vai me fazer chorar? Quantas vezes mais..

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Egoismo, só que não!!!


Maldito ciúmes, não é de uma coisa ou outra, mas sim de tudo o que gira em torno de mim, meu namorado, meus pais, câmera fotográfica, celular, cachorra, livros, roupas, lápis, notebook, maquiagens, sapatos, cabelo, unhas, novela, bolsas, perfumes, agenda, blog, redes sociais, cadeira, espelho, pente de cabelo, bijuterias, lugar no carro, amigas, fotos, cds, dvds, quarto, esmaltes, ursinhos de pelúcia, bonecas, e até mesmo da minha criatividade, ciumes de tudo, não entendo isso, não é bom, mais também não é ruin, não consigo explicar, e as pessoas não entendem isto, o ciúmes me sufoca, o ciúmes acaba comigo, porém não sai de dentro de mim, pareço egoísta, só que não, este é o MEU mundo.